Como escolher um fotógrafo de nu artístico

Sempre que escolhemos algum profissional para realizar qualquer serviço precisamos sempre tomar certos cuidados, e isso não é diferente no caso da fotografia. É muito importante que você contrate um profissional que vá atender as suas necessidades como cliente e que cumpra o que prometeu. Por isso compilamos algumas dicas para ajudar você a escolher o fotógrafo certo.

1. Estilo de fotografia

Primeiramente a forma em que as fotos são feitas (os ângulos, edição, a estética e linguagem da foto em geral) tem que te agradar.

2. Portfólio

Sempre confira o portfólio do fotógrafo. Procure ver se o fotógrafo possuí um site com o seu trabalho ou se ele usa apenas o Facebook ou o Instagram como forma de exibir o seu trabalho. Na maioria das vezes os fotógrafos mais sérios possuem um site próprio exibindo seu trabalho. E até porque hoje em dia já é possível montar um portfólio de qualidade de forma gratuita.

3. Procure opiniões de outras modelos ou pessoas que fotografaram com o fotógrafo

Essa é muito importante para você que está pensando em fazer um ensaio nu. Não fique com vergonha de entrar em contato com uma pessoa que já trabalhou com o fotógrafo, mande uma mensagem (pode ser no Instagram ou no Facebook) perguntando como foi o atendimento e o tratamento durante o ensaio. Pode parecer simples, mas é uma atitude que evitaria muitos problemas e provavelmente acabaria com maus profissionais da área. 

Só para ilustrar há alguns meses atrás foi criado um perfil no Instagram pela fotógrafa Camila França (@camilafrancaretratista) que continha relatos de diversos horrores que alguns fotógrafos faziam com as modelos (e que infelizmente foi deletado do Instagram).

E recentemente também surgiu outro perfil de denúncia o @cesaroliveiraa_denuncia onde diversas pessoas denunciaram as práticas de um conhecido fotógrafo de nu artístico/sensual. O caso saiu até em alguns jornais como o Metrópoles.

4. Pergunte se o fotógrafo tem um contrato

Nesse mesmo perfil de denúncia que mencionamos acima haviam relatos de fotógrafos que realizaram o ensaio e que NUNCA entregaram nenhuma imagem, ou pior, que não entregaram as imagens e ainda postavam nas redes sociais e as enviavam para outras modelos. Certamente essa atitude é moralmente errada, mas como não havia um contrato era quase impossível de abrir um processo contra o fotógrafo.

Primeiro porque dificilmente a parte prejudicada saberia os dados do fotógrafo (Nome completo, CPF, endereço para que seja entregue a intimação), em segundo lugar que o acordo embora verbal (feito através de WhatsApp, Instagram ou Facebook Messenger) pode ser perdido (caso a vítima perca seu celular), apagado (no caso do Instagram) ou até mesmo ter uma dúvida razoável no seu conteúdo.

Se o fotógrafo não tiver nenhum contrato, peça para que ele faça um para você (inclusive existem diversos modelos online).

E um bom contrato não protege apenas o cliente, protege também o fotógrafo de clientes que se recusam a pagar tudo, que exijam que o fotógrafo entregue mais do que foi acordado (mas isso aí já é conversa pra outro post)

Nós inclusive temos um projeto de nu artístico maneiríssimo chamado Nu 101. Clica aqui pra dar uma conferida!

Esquecemos alguma coisa? Deixe suas dicas nos comentários aí em baixo! 🙂

Eu acredito no poder da fotografia para mudar a sua autoimagem para melhor. E por isso, com o intuito de ajudar ainda mais pessoas eu decidi presentear 5 pessoas por mês com mini-ensaios para o Projeto Nu 101. Se você curtiu meu trabalho e projeto, te convido para participar! Para participar basta responder a algumas perguntinhas clicando AQUI e torcer para ser chamada!

CLIQUE AQUI PARA PARTICIPAR!